Agroceres PIC inaugura moderna UDG em Minas Gerais

Mirando ganhos de competitividade para seus clientes, Agroceres PIC inaugura moderna UDG em Minas Gerais

 

Com investimento de R$ 15 milhões, a UDG Itabirito é a quinta unidade da empresa no País e uma das mais modernas da América Latina. Inauguração conclui a primeira fase do projeto de implementação do negócio de Genética Líquida da Agroceres PIC, que recebeu aportes de R$ 80 milhões nos últimos 5 anos. 

 

Reafirmando seu pioneirismo e visando garantir novos ganhos de competitividade aos suinocultores brasileiros, a Agroceres PIC inaugura no dia 20 de fevereiro, em Itabirito (MG), uma nova Unidade de Disseminação de Genes (UDG). O investimento representa um marco para o negócio de Genética Líquida da empresa no Brasil e uma conquista tecnológica estratégica para a suinocultura mineira e brasileira.

 

Com a inauguração da nova unidade, a Agroceres PIC passa a contar com cinco UDGs estrategicamente distribuídas pelo País, com alto padrão tecnológico e completa automação de todos os seus processos e controles. “A Genética Líquida se firmou no Brasil com um dos insumos tecnológicos mais efetivos para aumentar a produtividade nas unidades de produção. Por isso, ela é estratégica para nossa empresa e foco privilegiado de investimentos”, afirma Alexandre Furtado da Rosa, Diretor Superintendente da Agroceres PIC.

 

Resultado de um investimento de R$ 15 milhões, a UDG Itabirito é um dos mais modernos centros de Genética Líquida do mundo. A unidade possui capacidade para alojar 450 reprodutores de alto valor genético e potencial para produzir cerca de 750 mil doses inseminantes por ano.

 

A exemplo das outras UDGs da Agroceres PIC, a unidade de Itabirito foi construída a partir de parâmetros arquitetônicos e tecnológicos em total sintonia com o que existe de mais moderno e inovador na suinocultura global. De acordo com Furtado da Rosa, a UDG Itabirito deve operar com plena capacidade a partir de junho. Já as primeiras doses de Genética Líquida chegam ao mercado em março.

 

NÚMEROS

 

O Negócio de Genética Líquida Agroceres PIC

  • 5 Unidades estrategicamente distribuídas no Brasil: UDG Presidente Olegário (MG), UDG Patos de Minas (MG), UDG Fraiburgo (SC), UDG Laranjeiras do Sul (PR) e UDG Itabirito (MG)
  • 2 mil reprodutores de alto valor genético em coleta
  • Capacidade de produção total por ano: 3 milhões de doses inseminantes
  • Maior estrutura de Genética Líquida da América Latina, capaz de atender um plantel de 500 mil matrizes por ano em todo o País.
  • Investimento total no negócio de Genética Líquida: R$ 80 milhões
  • Possui ainda uma UDG afiliada, em Rosário, na Argentina, com 500 machos reprodutores em coleta e produção anual de 800 mil doses. 

 

UDG Itabirito

  • Investimento: R$ 15 milhões
  • Capacidade de alojamento: 450 reprodutores de alto valor genético
  • Produção anual: 750 mil doses inseminantes
  • Área total de 164 hectares, 4,5 m² mil de área construída e 140 hectares remanescentes de vegetação nativa.

 

Diferenciais Tecnológicos da UDG Itabirito

  • Galpões totalmente climatizados, controlados com pressão positiva e equipados com filtros de ar que impedem a entrada de agentes infecciosos;
  • Sistema de Gestão de Ambiência automatizado;
  • Quarentena certificada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
  • Sistema pneumático de transporte do sêmen entre galpão de coleta e laboratório;
  • Laboratório com duas linhas automáticas de análise, processamento e envase;
  • Salas climatizadas para estabilização e despacho das doses inseminantes;
  • Processos de produção e expedição automatizados, que garantem total rastreabilidade, da coleta à entrega aos Clientes;
  • Frota de entrega climatizada, equipada com câmaras conservadoras específicas para sêmen e monitoradas em tempo real;
  • Gestão semanal da evolução genética do plantel de machos reprodutores.

 

Na foto: Alexander S. Salvador de Oliveira, Prefeito de Itabirito/MG e Marcelo Araujo Ribeiral, Presidente Executivo do Grupo Agroceres.